Palimpsesto

Luiz Roberto Benatti.

na janela

havia um nome

codinome

de prisioneira

gravado  a unha alcunha

de bíblica sentença

talvez a tinta ainda estivesse fresca

arabesco deixado pelo vento

o nome continuou lá

até que a casa

sem  janela móveis ou  novos atores

fosse demolida

e repelida procurasse por outras mulheres

empaladas enjauladas

garrafas acesas atiradas ao mar

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.