José Américo de Almeida em CTV, ou Como gostamos de esconder fatos importantes de nossa história

Luiz Roberto Benatti.

No dia 1º. de agosto de 1937, Benedito Augusto Narciso, Lindoval Vaz de Almeida e José Galvão fundaram a União dos homens de cor de Catanduva,  cuja memória foi levada para Nenhures por uma sociedade que insiste em contar sobre seu domínio e o gosto que tem por divertir-se rios de cerveja acima da cabeça dos humilhados e ofendidos. Os três impuseram-se como missão lutar pelo triunfo da candidatura de José Américo à presidência da República. Na foto, como ministro da viação e obras de Vargas, ele é o segundo à esquerda. Não foi essa a primeira vez que negamos de pés juntos fatos de nossa história: a história do mato ruim como apelido do Cerradinho é uma das mais repetidas. E a verdade sobre isso passa pelo romance A bagaceira de José Américo, cujo pano de fundo é a grande seca e o êxodo rural de 1898, seca que crestou grande parte dos solos do Norte e Nordeste do País, da África e Europa. Solo crestado não é sinônimo de terra ruim. Os interessados poderão ler sobre isso também nOs sertões de Euclides da Cunha. O entusiasmo da sociedade negra local durou pouco, porque Vargas deu o golpe dentro do golpe e implantou o Estado novo que, dentre outras consequências, levou à breca a candidatura do autor dA bagaceira. Américo e Vargas tornaram-se adversários por muito tempo, e tal distanciamento pôs o paraibano no colo da direita. Acrescente-se que no dia 10 de novembro a Câmara local foi fechada por ordens do interventor de Getúlio.  

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.