Saudações de Berlim …

Risto Oikarinen/Benatti.

saudações de Berlim, tinta no cartão postal, 1929, destruída; a abertura da exposição

foi um  sucesso e o sol estava brilhando, mas eu simplesmente não consegui

despregar  o olho da  barata   na privada  do  hotel

receio que ela faça tudo o que Goethe disse: uma mancha  é suficiente para transformar o  amarelo puro

em algo sujo e gelado

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.