A garota que se apaixonou pelo mar

Luiz Roberto Benatti.

não lhe prometi um sol amarelo

que afundasse lentamente no mar

mesmo que fosse um sol quase  delicado

sem gritos ou suores exagerados

e quando fui abraçá-la

meu corpo tremia de frio

minha pele era  um cobertor esfarrapado

ela quis chorar em meu ombro

mas eu estava sem camisa

ela se afastou

fez da roupa uma trouxa aborrecida

empurrou o barco para a água

e desapareceu na névoa

dois remos arrebentados

sem esperança nem lucerna

na areia, a trouxa de sargaços

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.