Moças prendadas e pianistas, em CTV, enquanto Simone de Beauvoir, em 1949,em Paris, falava sobre o segundo sexo

Luiz Roberto Benatti.

Questão seriíssima a ser resolvida um dia por CTV é sua desatualização do contexto nacional e internacional. Esse diploma de aluna formada em piano, em 1949,em CTV,  poderá ser comprado no Mercado livre por 199 paus. A moça era bem comportada e, provavelmente, foi estudar música por recomendação da mãe, para que, amanhã ou depois, pudesse alegrar  o coração das visitas com muito Chopin e pouco Bach. O tempo passou, a moça noivou, pôs filhos no mundo, o diploma amarelou numa gaveta e dali foi parar no sebo. Melhor, talvez, que   a  moça e a família tivessem lido O segundo sexo de Simone de Beauvoir que, publicado em 1949, foi listado pelo Le monde, numa sondagem, como um dos 100 melhores livros do último século. Simone centrou fogo na questão das mulheres depois da Segunda guerra e apoiou suas afirmações em  Literatura, História, Sociologia, Biologia e informações médicas. Ela estava deveras preocupada com a submissão e a passividade das moças, bem como sua falta de ambição. Católicos e comunistas execraram o livro.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.