Em 1936, CTV deu-se ao luxo de comemorar o centenário de nascimento de Carlos Gomes.Namoros com o Integralismo

Luiz Roberto Benatti.

A lei no. 14  assinada por Adalberto Bueno Netto em 31 de dezembro de 1936 concedia crédito de sete contos, sessenta mil e trezentos réis para os festejos do centenário de Carlos Gomes e homenagens com a visita do general Almério de Moura. Moço pobre, Carlos Gomes veio ao mundo em julho de 1836 e, logo a seguir, ficou órfão de mãe assassinada aos 28 anos. O pai garantia o curto orçamento doméstico como alfaiate e, nas horas de folga,  com a filharada, era músico duma   banda que deu ao filho notório rumo e glória. Mais para o final da vida, na Itália, Carlos Gomes mandou edificar um palácio – a Villa Brasilia – em Maggianico, nos arredores de Milão. Carlos Gomes foi o nosso Verdi, um Verdi quase bissexto, com Il Guarany, extraído do romance homônimo de José de Alencar, sem o qual, talvez, Carnaval e Sambódromo fossem bem apagados. A ópera estreou no Scala de Milão em 1870, 66 anos antes das comemorações pós-funerárias de CTV. O Cinetheatro São Domingos, inaugurado em 1927, pode ter abrigado orquestra e público para ouvir a música de Carlos Gomes que se aninhou na alma dos brasileiros – “Tão longe de mim distante,/onde irá teu pensamento?”1936 foi também ano da visita do conde Francesco Matarazzo, fascista da primeira hora, à Sociedade italiana Gabriele D’Annunzio. Na vertente socialista, José Lins do Rego publicou Usina, obra-mestra do ciclo da cana de açúcar, e aqui esteve para falar de futebol. Como vêem, para nós sobra sempre o tanto faz quanto se fez. A década dos 30s foi no mínimo cinzenta para CTV que, ao atolar as botinas na Revolução constitucionalista, e, portanto, fazer oposição à política econômica de modernização do País conduzida por Getúlio Vargas, assistiu ao fade out da câmara municipal que por 6 ou 8 anos não tugiu nem mugiu. Foram esses os tempos de assanhamento e balbúrdia da Aliança integralista brasileira de Plínio Salgado, cujos adeptos, em CTV, foram numerosos, legião de impávidos colossos. No auge da fúria nazifascista, o movimento arrebanhou 6oo mil filiados, número que pode ter alcançado 1 milhão. Nós ouvíamos Peri declarar juras de amor eterno a Ceci tão longe da música de Gershwin e do pensamento europeu de vanguarda.A  Modernidade nos obriga a pensar, o Passadismo nos faz chorar.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.