Notícia

Luiz Roberto Benatti

Sou primo de George, a velha tartaruga das Galápagos. Vivo numa solidão povoada por 10 mil criaturas ruidosas. Chegam com planos universitários para o futuro: teses, relógio de pulso, frase tatuada na nuca, tênis Nike e cartões de crédito. Já fui entrevistado por um zoólogo & clicado por um fotógrafo; pelo numismata com o fotógrafo; o andrologista & o fotógrafo; o Capitão Gancho & o fotógrafo. Quase todos eles, com exceção do numismata, queriam calcular o número de pregas das rugas do meu pescoço, ou se carapaça resiste a tiros de bazuca. Ofereceram-me alface, rúcula, óleo de linhaça, tomate caqui e namorada para eu sapecar. Não sapequei. Quem pode fazê-lo com tantos espectadores à volta? Além disso, estou em recesso há 30 anos. Desconfio de gente engravatada, polida e carnívora. Na verdade, esses safados não estão nem um pouco interessados em saber se, depois do famosíssimo ato, eu e minha garota teríamos ou não experimentado o grande orgasmo prometido pelos místicos. Querem apenas que eu perpetue o meu sêmen. Ó criaturas inúteis e desinformadas, não sabeis que sou leitor de Machado de Assis desde que minha mãe me desovou nesta ilha.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.