Três

Luiz Roberto Benatti

Da última vez que tomei sopa com vocês  não me lembro de ter ouvido ruído de vento entre  dois pedaços de dente na boca derruída. Resta-nos o cobertor trazido por uma garota tão bonita, que os meus olhos escorreram pelo rosto e só não foram parar entre os dedos dos pés porque eu, como vocês dois, não tenho mais pés, braços ou mãos, mas apenas pedaços de arame da cama em que dormíamos na infância.Nascemos de Samuel Beckett num dia de álcool e frio irlandês.  Não sei por que somos amarelo, rosa e cinza, já que nessa altura do campeonato a cor só conta em nossa precária lembrança de Van Gogh, um cara muito legal e bem  melhor do que nós porque mandou para a namorada prostituta um pedaço da orelha. Ele escutava as cores e as estrelas, nós estamos surdos, cegos e coxos.  

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.