24 de novembro

Yan Jun/Benatti

Um alienígena não tem a menor  ideia de que  não existe

No Inverno, falamos de  Literatura

bebendo chá quente os cílios se cobrem de vapor

Um alienígena como uma folha de papel de rascunho

voa lentamente pela  janela em direção a Harbin

Lembro-me do que  Balzac disse uma vez sobre as cidades

sem vento para que serve o salgueiro?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.