Mandarim

Luiz Roberto Benatti

encontrei-me com um mandarim

e dois auxiliares na rua

e eles tiveram medo de minha impossibilidade humana

como pode existir pensaram

um ser que põe no existir tamanha anulação de

existência

não sabem o que é um canhão

nem para que serve uma muralha

botam fogo na floresta e matam os animais

afastaram-se os três e eu corri atrás deles

e como não sei Mandarim fiquei com cara de idiotim

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.