O dia-a-dia no monastério medieval

Luiz Roberto Benatti

A palavra grega monastério quer dizer lugar em que se vive só, enquanto que nos dias que correm prefeitura é o local dum certo tumulto, rotinas agitadas, reivindicações planas sem o mais mínimo sinal de transcendência. A par das tarefas na cozinha ou na horta, pelo menos 4 vezes por dia o monge entregava-se às orações matinais, às que se faziam ao longo do dia, à  tarde e as noturnas.Às duas da manhã, acordavam para as matinas. O alto do prédio da prefeitura poderia ser cultivado como horta e as oficinas culturais, em vez de bordar pano de prato, poderiam ensinar a fazer iluminuras. Tudo é questão de implantação de novos ritos.No céu há lugar para todos.  

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.