Não deveria olhar, mas eu sim o faço

Vera Pavlova/Benatti

Não  deveria  olhar, mas eu o faço

ao mendigo que revolve o   depósito,

aos  gays que se beijam num  banco,

ao artista beberrão estampado  numa  camiseta manchada de sangue,

na vontade dum velho à espera duns goles

não se deveria olhar, mas eu o faço

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.