Camelo

Luiz Roberto Benatti

dobrado no tornozelo
ofereço água
ao camelo
ele me pede gelo
digo-lhe então sem medo
“pode ser caramelo
cogumelo ou marmelo?”
vou bater-lhe com chinelo
respondeu-me o dromedário
que rápido enfiou-se
num grande armário
de dentro, berrou nervoso
ao mascar prego com osso
“tenho duas corcovas
por isso dromedário não sou
seu Mané- otário!”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.