O menino que Rodin não conheceu

Luiz Roberto Benatti

Nem sei não o que é protesto, mas pode ser aquilo quando eu reclamo do quiabo não gosto, cara, não suporto aquela gosma mas a minha mãe insiste dizendo que faz bem que tem vitamina x como o chuchu que não tem gosto de nada será que tô ficando velho como a minha avó que me chamou de João que era de verdade o meu avô caramba se tô velho de verdade por que a garota mais bonita da minha classe vive pendurada no pescoço do meu grande desafeto que é o Carlos e me chama de pirralho? pra dizer a verdade  nem sei se isso tudo aqui e ali é um país ou se país grande bonito adiantado é só nos States, como dizia meu pai tanto que ele se mandou com uma vadia que tem a metade da idade dele como disse minha mãe e foi morar nos States e no último Natal ele me deu um tênis que aqui vale 1000 paus e pensei até em escrever num cartaz “me responda, senhora presidenta, o que é que meu pai foi fazer nos States, se ele nunca trabalhou a vida e só dizia que o Brasil tinha virado uma merda?”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.