Estação VP

Luiz Roberto Benatti

rebelde?

dalém, daquém?

o que eu quero é tomar o trem

e que estando eu longe deste frio

meus amigos concluíssem

que o sonho habita a cidade

e o arrabalde

queria que torcessem

para que meus sonhos

jamais  se diluíssem

não ruíssem

porque neles

agora e sempre

estarei  refém 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.