Macbeth, cena 5 do 5º. ato

LRB

Deveria ela ter morrido mais tarde. Assim, não teria tido tempo para pronunciar tal coisa. Amanhã e amanhã e amanhã, arrepios desse ritmo mesquinho do dia-a-dia reservado para a sílaba derradeira do tempo recordado. E todos os nossos ontens iluminaram para os tolos o caminho para a morte recoberta de poeira. Fora, fora, vela efêmera! A  vida não é se não sombra erradia dum  pobre ator que atura e gasta sua horinha no palco, para depois não mais ser ouvido; um conto narrado por um idiota, cheio de ruído e fúria significando coisa alguma.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.