Professor

Luiz Roberto Benatti

Sediada nos Emirados Árabes, a Varkey Gems, entidade de pesquisa, constatou que o professor brasileiro é o penúltimo da lista, dentre inúmeros outros, acima apenas do professor de Israel. Esse fato é notório, desde que a escola brasileira despencou depois do malfadado 64. Nos anos 50s e um pouco mais, um mestre do velho Barão recebia o equivalente a 3 mil dólares por mês, penteava o cabelo, andava de terno e gravata, engraxava o sapato, comia bem, comprava livros e estudava.Na rua, era cumprimentado pelas pessoas. É por essa e por outras, que o analfabetismo voltou a correr solto como fogo no capinzal e a USP não se inclui mais na lista das 200 melhores universidades do mundo. Lula continua a dizer que não só a escola não lhe fez falta como foi o dirigente que mais faculdades abriu no País. Abriu e não recheou, não lhe deu estrutura de pesquisa nem competência. Caso a sua bela filhota manifeste em casa o desejo de ser professora, bote-a de joelhos no milho com chapéu de boba na cabeça.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.