O amigo suicida de Godói

Luiz Roberto Benatti

Lamento, prezado Arthur, a morte de seu amigo em circunstâncias trágicas – homicídio seguido de suicídio. Lamento, de modo particular, que você o tivesse visitado no IML na posição até hoje insuportável à vista humana – deitado na pedra dos cadáveres, aberto e, a seguir, costurado, numerado, engavetado numa geladeira. Você é um observador lúcido e, muitas vezes, como é o desejável, frio diante dos acontecimentos de política. Agora, todavia, foi pego em situação apolítica da qual você não poderá encontrar o responsável. Eis o drama. O seu amigo é um suicida clássico, aquele que se mata, depois de matar, por amor. Embora ninguém hoje queira comer quebra-queixo, todos querem beber até o último gole a poção venenosa do Amor. O Amor é a última bebida forte que sobrou dos tempos antigos, isto é,do longevo mundo romântico. Todos se apaixonam, mas poucos de nós saberiam explicar em linguagem clara a razão da entrega.Amantes exacerbados das estatísticas, pesquisadores norte-americanos concluíram que, em questão de minutos, ficamos loucamente vidrados na garota ao lado.  Por isso, temos de ler ou reler as grandes obras da Literatura, da qual somos herdeiros e imitadores. O seu amigo é avatar do jovem Werther, o protagonista de Goethe, que, diante do amor impossível por Charlotte, dá cabo à vida. O livro chama-se Os sofrimentos do jovem Werther. Na época, Arthur,a Alemanha, por mais incrível que pareça, era pouco letrada, mas, naqueles dias, o suicídio  da personagem de ficção desencadeou grande onda de mortes assemelhadas.A ficção emprestou à realidade seu recheio de tragédia.  Foi por isso, talvez,que o argelino Camus afirmou que o suicídio é a questão da qual todos nós deveríamos partir. Por que amamos? Muitos dizem que,desse modo, nós nos perpetuarmos enquanto seres viventes. O amor frustrado talvez esteja disposto a nos dizer outra coisa.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.