Nero

Luiz Roberto Benatti

berrou Nero

e os gritos ecoaram

por todos os quadriláteros de Roma

pernas para que te quero

vão todos dançar bolero

até o último suspiro

até que não se ouça vôo

mínimo nem  de coleóptero

ou prédica de Martinho Lutero

quando a noite chegar

visto  capa de noctífero

para brilhar no escuro

como quero:

nosferatu do lero-lero

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.