Babel

Luiz Roberto Benatti no 784º. andar desviaram-se do céu foram passar férias num motel apetitosas mulheres cobertas de uva moscatel a mais bela era infiel a mais feia Isabel todas comiam pastel fiquei de fora faminto com meu farnel cheio do vento de Argel armas ensarilhadas isto lembra quartel em que Língua hei de latir…

Ruminações do  traidor

Luiz Roberto Benatti Snowden é um traidor e, como todos os demais, enfileirados da Patagônia à Groenlândia, aguardam na bilheteria chamada gratuita para assistir à peça “Tudo o que fiz foi em nome duma grande causa”.O traidor vibra quando arquiteta a traição, quando trai, quando os traídos caem em desgraça e, assim, sucessivamente, até o…

Pedi e dar-se-vos-á, ou os elevados graus de dificuldade para se pensar o cotidiano mais chão

Luiz Roberto Benatti Anderson Silva não teve a canela partida pelo adversário por ser arrogante. A arrogância não responde por canelas íntegras ou quebradas. Ele poderia ser rogante e ter perdido a luta. Por que achamos que os arrogantes são criaturas negativas, sem pensar o mesmo dos rogantes? Aliás, nunca chamamos de rogantes os rogantes.…

Gordas

Luiz Roberto Benatti queria ter olho gordo para ver nelas não apenas a  massa excessiva a bombordo ou estibordo mas memória visual para recordar e dizer aqui a beleza brilha no escuro no sapato escandalosamente vermelho na areia molhada   carne rosada de  intenso apelo & a cláusula real do acordo para sempre assinalada