Sôbolos rios que vão

Luiz Vaz de Camões 1 Sôbolos rios que vãopor Babilónia, me achei,Onde sentado choreias lembranças de Siãoe quanto nela passei.Ali, o rio correntede meus olhos foi manado,e, tudo bem comparado,Babilónia ao mal presente,Sião ao tempo passado. 2 Ali, lembranças contentesn’alma se representaram,e minhas cousas ausentesse fizeram tão presentescomo se nunca passaram.Ali, depois de acordado,co rosto…