Georg Trakl

Luiz Roberto Benatti Os ratos no tribunal, a branca  lua de outono resplende da beirada  do telhado despencam  sombras fantásticas as  janelas vazias são entrevistas pelo silêncio vindos de baixo  os ratos desfilam  em silêncio  apressam-se e guincham  e vão  para frente e para trás vê-se uma neblina horrenda como se fosse  algo sujo sentimos…