As leitoras de Clarice Lispector abandonaram Cassandra Rios e foram chorar numa rua das Perdizes

Luiz Roberto Benatti Para quem tivesse a ousadia de ler Cassandra Rios, de olho na porta, todos os quartinhos eram íntimos. Clarice é cheia de arabescos e seus personagens se desconstroem à medida que emitem o mais mínimo desejo de realizar algo irrealizável. As criaturas de Clarice só atravessam o shopping se for para retornar…

Poemas

Luiz Roberto Benatti Notícia Sou primo de George, a velha tartaruga das Galápagos. Vivo numa solidão povoada por 10 mil criaturas ruidosas. Chegam com planos universitários para o futuro: teses, relógio de pulso, frase tatuada na nuca, tênis Nike e cartões de crédito. Já fui entrevistado por um zoólogo & clicado por um fotógrafo; pelo…