A música caipira só seria rural se o mundo rural ainda existisse, ou como Bruno & Marrone foram à Boate azul à procura da dama da noite

Luiz Roberto Benatti. A dupla cantou na voz do imponderável que para a doença do amor o remédio deverá ser comprado na farmácia noturna com o nome de flor da noite. Na bula, escreveram  que o medicamento nos cura  do amor mal realizado com outro amor. A metáfora é descomunal e tão atraente quanto o zôo…

Nosso conservadorismo político-social e o gosto por estar à direita vêm de longe

Luiz Roberto Benatti. No dia 20 de abril de 1929, pela segunda vez, o famoso cardeal Arcoverde esteve em CTV. É lamentável  infelizmente a escassez de documentos comprobatórios tanto da visita quanto das razões de ter ele aqui estado nos primeiros anos de formação do Município, quando éramos pobres, desfeitos e mofinos. É possível que…

Esplendor e miséria de Heleno de Freitas, admirável jogador de futebol [versão aumentada dedicada a Édison Sutter, carioca irrepreensível]

Luiz Roberto Benatti.  Aos 39 anos, Heleno de Freitas faleceu no manicômio de Barbacena, MG, destruído pela sífilis, o álcool, o éter do lança-perfume, o cigarro e a vida promíscua com mulheres. No momento de seu esplendor em campo, cancelou-se em razão da eclosão da Segunda guerra a copa mundial e Heleno atirou-se contra uma…

CTV, 1935, início da pavimentação da cidade sem truques contratuais ou terceiras intenções

Luiz Roberto Benatti. A primeira estrada pavimentada da América Latina  foi a Estrada União e Indústria, inaugurada em 23 de junho de 1861, por Dom Pedro II: ela liga Petrópolis, RJ, a Juiz de Fora, MG: 7 metros de largura, leito ensaibrado e compactado e drenos com valetas de alvenaria. Nenhuma maracutaia engendrada fora e…